Apirio Yamada Retornar  pgina inicial

Cumprimento
Fundação/Idéia
Negócios
Perfil da Empresa
Nossa contribuição
Bibliotca da abelha
Concurs de desenho e redação sobre abelha
Escola Ecológica
Curso sobre abelha
Seminário Cultual
Inicativa de Reflorestamento
Plantio de Árvores no Nepal
Plantio de Árvores na Mongólia
Para os filhos dos filhos dos nossos filhos
Nossa contribuição ao meio ambiente
Sistema de geração eólica
Sitma de energia solar
Fazenda Apícloa

ltimas Notcias
Venha trabalhar conosco
Contato
Servio disponvel somente para os idiomas ingls, chins e coreano.
Compras
Espao Abelha

Para os filhos dos filhos dos nossos filhos


Parem de destruir se no sabem como consertar!  Discurso de Severn Cullis-Suzuki aos 12 anos
  
A fonte de este discurso de verso portugus encontrada no site de KMPress.
  
Vocs no sabem como concertar os buracos de oznio.
Vocs no sabem como fazer com que o salmo nade rio acima, num rio morto.
Vocs no sabem como trazer de volta um animal extinto.
E vocs tambm no podem trazer as matas que um dia a estavam onde hoje h deserto.

Se vocs no sabem como concertar tudo isto, ento, por favor, parem de estragar tudo!
  

Este discurso foi proferido durante a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio ambiente e Desenvolvimento ocorrido no Rio de Janeiro em 1992. (Arquivo de F.G.V.)
Traduction : Le Club des paresseux (Namakemono Club)


Severn CULLIS-SUZUKI
Née en 1979. Diplômée de l'université de Yale.
A l'âge de 12 ans, elle a prononcé une allocution en tant que représentante de l'E.C.O, l'Organisation des Enfants pour l'Environnement lors de la Conférence des Nations Unies sur l'Environnement et le Développement à Rio de Janeiro sur la situation critique de la terre qui a reçu un tonnerre d'applaudissements. Elle a par la suite participé à de nombreuses activités dans différent pays pour la prévention du réchauffement planétaire et la protection de l'environnement. Elle a également participé au Sommet de Johannesburg qui s'est déroulé en Afrique du Sud en août 2002 en tant que membre du comité consultatif des Nations Unies.


Bom dia. O meu nome é Severn Susuki e eu falo pela E.C.º - a "Environmental Children's organization". Nós somos um grupo de canadenses de doze e treze anos e queremos tentar mudar algo: Nós somos Vanessa Suttie, Morgan Geisler, Michelle Quigg e eu.

Nós juntamos dinheiro para poder viajar os 9500 quilômetros para dizer para vocês, caros adultos que tem de haver uma mudança no vosso comportamento. Se eu hoje venho aqui, é sem intenções falsas. Eu luto pelo meu futuro – pois se eu perco o meu futuro não é assim como se perdesse uma eleição ou alguns pontos na bolsa de valores. Eu vim aqui, para falar por todas as gerações futuras.

Eu estou aqui para falar pelas crianças que passam fome em todo o mundo, cujos gritos ninguém ouve. Eu estou aqui, para falar pelos inúmeros animais que à volta de todo o globo tem de morrer, pois não tem mais um meio ambiente onde viver. Não podemos mais nos tirar o direito de não mais sermos ouvidos.

Eu tenho medo de sair ao sol, pois a camada de ozônio tem buracos. Eu tenho medo de respirar o ar, pois não sei com que substancias químicas está contaminado.

No passado eu ia pescar muitas vezes com meu pai, até que há alguns anos atrás encontramos os peixes cheios de tumores. E agora ouvimos que diariamente muitos animais e plantas se extinguem, somem por todos os tempos.

Em minha vida eu sonhei muitas vezes, de ver as manadas selvagens, a selva e a mata tropical que estão cheios de pássaros e borboletas. Porem agora me pergunto se ainda estarão aí, para que um dia meus filhos possam se alegrar com eles.

Será que vocês tinham de se preocupar com isto quando tinham minha idade? Tudo isto acontece perante os nossos olhos e mesmo assim nos comportamos como se tivéssemos tempo indeterminado e todas as soluções.

Eu somente sou uma criança e não tenho todas as soluções, porem eu desejo que vocês compreendam, vocês também não tem!

Vocês não sabem como concertar os buracos e ozônio.
Vocês não sabem como fazer com que o salmão nade rio acima, num rio morto.
Vocês não sabem como trazer de vota um animal extinto.
E vocês também não podem trazer as matas que um dia aí estavam onde hoje há deserto.

Se vocês não sabem como concertar tudo isto, então, por favor, parem de estragar tudo!

Aqui vocês talvez são delegados dos vossos governos, economistas, organizadores, repórteres ou políticos – porem na verdade vocês são mães e pais, irmãos e irmãs, tios e tias – e todos vocês são filhos de alguém.

Eu somente sou uma criança, porém eu sei, que todos fazemos parte de uma família, 5 mil milhões de nós, e na verdade 30 milhões de espécies diversas, e todos dividimos o mesmo ar, a água, a terra – governos jamais irão mudar isto. Eu somente sou uma criança, porem sei, que todos estamos juntos no mesmo barco e que deveríamos nos comportar como um mundo á caminho de uma única meta. No meu ódio não estou cega e na minha preocupação não tenho medo, de dizer ao mundo, como me sinto.



prxima pgina

Topo

  
Copyright(C)2004 Yamada Bee Farm All Rights Reserved. Topo