Apirio Yamada Retornar  pgina inicial

Cumprimento
Fundação/Idéia
Negócios
Perfil da Empresa
Nossa contribuição
Bibliotca da abelha
Concurs de desenho e redação sobre abelha
Escola Ecológica
Curso sobre abelha
Seminário Cultual
Inicativa de Reflorestamento
Plantio de Árvores no Nepal
Plantio de Árvores na Mongólia
Para os filhos dos filhos dos nossos filhos
Nossa contribuição ao meio ambiente
Sistema de geração eólica
Sitma de energia solar
Fazenda Apícloa

ltimas Notcias
Venha trabalhar conosco
Contato
Servio disponvel somente para os idiomas ingls, chins e coreano.
Compras
Espao Abelha

Para os filhos dos filhos dos nossos filhos

O futuro promissor para os filhos dos filhos dos nossos filhos

Nós vivemos 24 horas todos os dias, 365 dias ao ano, sem interrupção. Mas, não nos sentimos felizes como há algum tempo, uma vez que em nossa sociedade foi priorizada a economia. Na vida também estão tentando medir a felicidade com o grau de economia. A economia mexe com a ganância do homem e o satisfaz com bens materiais encontrados fartamente no mercado. Todavia, estamos cientes de que o mundo ficou mais fácil e farto de materiais e a nossa vida também. Mas será que o homem consegue desfrutar da verdadeira felicidade, enquanto ser, originariamente, da sociedade?

A Apiário Yamada tem convivido mais de meio século com as abelhas, as quais são chamadas de inseto social. Nós sabemos que as abelhas constroem uma sociedade dentro da colméia. Você acha que cada abelha pode viver sozinha, suprindo os alimentos suficientes? De fato, as abelhas não podem viver sozinhas. Elas não podem viver sem sociedade agrupada, isto é, as abelhas só podem viver trabalhando como membros de uma comunidade, cooperando com outras abelhas, vivendo em simbiose num ambiente natural e cheio de flores. Este fato não é o mesmo com os homens? Também no mundo os seres humanos, as pessoas da família ou uma região trabalham juntos na sociedade agrícola. Cada membro da família necessitava tomar iniciativa para ser feliz na vida e viver junto com a terra sagrada. Entretanto, quando a estrutura da sociedade agrícola entrou em colapso num processo de transição para a sociedade econômica, o homem perdeu a verdadeira felicidade. Será que somente nós é que sentimos a crise da calorosa sociedade humana entrar em colapso?
Numa sociedade econômica a competição e a eficiência são mais valorizadas e têm projetado uma sombra escura no mundo educacional. As crianças têm personalidade e múltipla capacidade intelectual, mas são julgadas no mesmo nível e forçadas a entrar na competição, foram criadas, sendo-lhes imposta a aprendizagem de ser melhor do que os outros, sacrificando colegas, em vez de aprender a importância de viver ajudando uns aos outros. A degradação da educação e os incidentes ocorridos recentemente no mundo das crianças têm ocorrido e, justamente pelas razões expostas, tinham que ocorrer.

Portanto, nós temos que discutir os problemas com nossos líderes. Com a ajuda dos especialistas de várias áreas, nós teremos uma oportunidade de debater honestamente com os adultos o que devemos ensinar para as crianças. Nós queremos que todos leiam o nosso discurso e queremos ouvir suas opiniões.

Precisamos rever o desenvolvimento intelectual da criança através dos 5 sentidos  Debate entre Masao Onuki e Hideo Yamada
Como os pais podem participar na educação familiar  Debate entre Naoki Ogi e Hideo Yamada
Nosso desejo de fomentar o coração das crianças – nossa dedicação ao  concurso de livros de histórias e desenhos
Parem de destruir se não sabem como consertar!  Discurso de Seven Cullis Suzuki aos 12 anos
Coisa boa se movimenta lentamente como caramujo.  Mahatma Gandi
Nós queremos enviar mensagem ao mundo da importância da preciosa vida.  Debate entre Jun Hoshikawa e Hideo Yamada
A verdadeira civilização não destrói montanhas e rios  Shozo Tanaka
A coisa mais dolorosa é atender as pessoas que pensam somente na proteção de seu status.  Florence Nightingale
Tomei a decisão obviamente correta como humano e não como diplomata.  Chiune Sugihara

  
Copyright(C)2004 Yamada Bee Farm All Rights Reserved. Ao topo